Dicas: AUTOMUTILAÇÃO DAS AVES

Dicas

Algumas espécies de animais podem sofre automutilação, é bastante comum com cães e aves. A automutilação é  o processo mecânico das aves arrancarem as penas, e em situações mais graves, retirarem pedaços da própria pele. As causas são variadas, em geral relacionadas a deficiências nutricionais, estresse profundo, alergias e ectoparasitas (como sarnas e piolhos). Este síndrome pode acometer todas as espécies de aves, porem, em psitacídeos (araras, periquitos, papagaios, calopsitas) a freqüência é maior.
Ao perceber este hábito nas aves, deve-se procurar um Médico Veterinário para dar o tratamento não só no local da lesão, como também na causa do processo. Nos casos mais graves, feridas na pele podem se contaminar e levar a ave ao óbito.
A melhor maneira de evitar casos de automutilação é a prevenção. A suplementação adequada das aves evita as deficiências nutricionais, evitar alterações no habitat das aves, a fim de diminuir o stress. Ter cuidado com agentes químicos (fumaça, aromas fortes, jornais para forrar gaiola), evitando processos alérgicos. E uma higiene adequada dos viveiros e gaiolas, evitando assim contaminação parasitária de piolhos e sarnas.